domingo, 5 de novembro de 2017

Carro para em cima de outro e cinco morrem; motorista fugiu


Um acidente gravíssimo deixou cinco pessoas mortas na Linha Verde, no bairro Pinheirinho, em Curitiba, no início da manhã deste domingo (5). Um Citroen Picasso parou em cima de um Corcel 2 e os dois veículos pegaram fogo. Duas pessoas morreram no Citroen e três no Corcel 2. Todas as vítimas tiveram os corpos carbonizados.

O condutor do Citroen, que não ficou no local para prestar socorro, sobreviveu ao acidente, junto a um passageiro do mesmo carro. Ele ia sentido Fazenda Rio Grande quando atravessou a mureta, ‘rampou’ e parou sobre o Corcel. Logo em seguida os dois carros pegaram fogo. O passageiro ferido foi socorrido e será testemunha chave no caso, já que a polícia tenta identificar o motorista que fugiu.

O tenente Bruno, do Corpo de Bombeiros, falou sobre o atendimento no local. “Quando chegamos eram dois veículos em chamas, um em cima do outro. Não houve qualquer possibilidade de quem estava no carro de baixo sair. Um passageiro do Citroen estava sendo socorrido em um carro secundário e nos informou que o motorista até o ajudou no combate ao incêndio, mas logo em seguida fugiu do local”, descreveu.

De acordo com o tenente, o Citroen provavelmente estava em alta velocidade. “Vinha rápido, se perdeu e acabou atingindo o outro veículo, que estava no sentido contrário. Devido ao estado dos corpos, não se tem como definir quem são as pessoas e nem mesmo o sexo delas”, disse.

Barulho de explosão

Um morador nas proximidades ouviu uma explosão e saiu de casa prestar socorro. “O que eu consegui ver quando cheguei é que no carro de baixo era uma família. Eles estavam gritando desesperados, mas não teve como fazer o resgate, as chamas estavam fortes demais”, descreveu à Banda B, sem se identificar.

Os corpos foram recolhidos ao Instituto Médico Legal de Curitiba. A pista sentido Pinheirinho da Linha Verde está interditada e deverá ser liberada em breve. No sentido Fazenda Rio Grande, a interdição é parcial.


Nenhum comentário:

Postar um comentário