sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Funcionários dos Correios aceitam acordo e encerram greve no Paraná

Os funcionários dos Correios no Paraná decidiram nesta sexta-feira (6) encerrar a greve da categoria, que começou no dia 20 de setembro. A categoria aceitou o acordo de reposição salarial proposto pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília.

Segundo os Correios, o acordo prevê reajuste salarial de 2,07%, referente a inflação contabilizada entre agosto de 2016 e agosto deste ano. O valor será pago de forma retroativa. Os grevistas ainda terão que repor oito dias de trabalho e devem ter descontados os demais dias da greve.

Entre os motivos da greve, estavam o fechamento de agências, pressão para adesão ao plano de demissão voluntária, ameaça de demissão motivada com alegação da crise, ameaça de privatização, corte de investimentos em todo o país, falta de concurso público, redução no número de funcionários, além de mudanças no plano de saúde e suspensão das férias para todos os trabalhadores, exceto para aqueles que já estão com férias vencidas.

Ainda conforme os Correios, em todo o país, apenas 10% dos funcionários aderiram à greve. No Paraná, porém, o sindicato diz que 70% dos funcionários pararam.

Até o momento, os únicos serviços que estavam indisponíveis eram as entregas agendadas, como Sedex 10 e Sedex Hoje. Com a volta dos trabalhadores, os serviços devem ser normalizados.

No sábado (7), os funcionários voltam ao trabalho, para realizar um mutirão, que deve colocar em dia as entregas.

Fonte: G1 - PR

Nenhum comentário:

Postar um comentário