quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Vice-prefeito de Chopinzinho pede renúncia do cargo por se sentir excluído



O vice-prefeito de Chopinzinho, no sudoeste do Paraná, Vanderlei Vérdi (PSL) renunciou ao cargo. A carta com a decisão foi entregue na terça-feira (26) à Câmara de Vereadores. Vérdi justificou a saída por se sentir excluído da administração municipal.

O político explicou que para as eleições de 2016 se aliou ao então prefeito, Álvaro Scolaro (PMDB), mas que desde que o grupo assumiu o Executivo, a coordenação da coligação vinha pedindo que ele se afastasse.

“Desde o início do mandato houve um pedido para que eu não me manifestasse tanto e até me afastasse. Como sempre fui oposição a este grupo, depois das eleições vencidas acabei não me encaixando mais com os propósitos. Foi um conjunto de fatores. E, receber sem trabalhar não estava me deixando satisfeito. Agora, como professor da rede estadual, volto para a sala de aula ou como diretor”, comentou.

A chefe de gabinete da prefeitura, Joseane Moschen, informou que a renúncia foi recebida com surpresa e que o prefeito só deve se manifestar sobre o caso depois de conversar com o agora vice-prefeito e entender as razões da decisão.

Com a saída de Vérdi, que já foi vereador da cidade, o cargo deve ser ocupado pelo presidente da Câmara, Leônides Moser (PP).

Fonte: G1 - PR

Nenhum comentário:

Postar um comentário