terça-feira, 19 de setembro de 2017

Ocorrências policiais em Pitanga, Palmital, Laranjal e Marquinho



PITANGA:
ROUBO/LESÃO CORPORAL GRAVÍSSIMA - No dia 17 set. 17, por volta das 22h00min, relatou o solicitante que na fazenda na Localidade do Alto Do Ivaí, Município De Pitanga/PR, seu pai estaria lesionado, vítima de uma tentativa de roubo, e que no local ainda estariam os autores da tentativa de roubo, sendo que um dos autores estaria ferido na região da cabeça, lesão oriunda de arma branca, do tipo foice, golpe este aplicado pelo seu pai em um dos autores. A equipe deslocou ao local citado e durante o trajeto avistou um veículo GM Chevette, de cor amarela, emplacamento de Manoel Ribas/Pr. Realizada a abordagem e localizado um dos autores com grave ferimento na região da cabeça, vítima de arma branca. No interior do veículo foi localizada uma faca com vestígios de sangue. No local da ocorrência foi conversado com a vítima, qual relatou que dois indivíduos, entre eles o que estava ferido, teriam tentado lhe aplicar golpes de arma branca, do tipo faca, mas de posse de uma foice conseguiu se esquivar da injusta agressão, deferindo golpes de foice na região da cabeça da pessoa do autor. Foi efetuado contato com a equipe do SAMU de Manoel Ribas/Pr, o qual deslocou para prestar os primeiros socorros ao autor ferido, sendo este encaminhado para o hospital em Ivaiporã/PR, onde permanece custodiado. O veículo GM/Chevette foi apreendido e encaminhado até a Delegacia de Polícia Civil de Manoel Ribas/PR, e o fato repassado a Delegacia de Polícia Civil de Pitanga/PR. 

LARANJAL:

ROUBO - No dia 18 Set. 17, às 07h30min, a equipe deslocou até um sítio no Povoado de Figueira, Zona Rural, onde a solicitante (59) relatou que por vota das 07h30min dois masculinos encapuzados, com estatura mediana, cor parda, um armado um com revólver e outro com uma faca, adentraram em sua residência e mediante ameaça anunciaram o roubo, vindo a subtrair dinheiro, um revólver da marca Taurus, calibre 22 e uma espingarda de fabricação caseira, e ainda amarraram a vítima em um dos cômodos da casa. Relatou a solicitante que as armas pertencem a seu sobrinho, também informou que permaneceu por aproximadamente 10 minutos em poder dos indivíduos, os quais a todo momento diziam querer somente o “dinheiro e armas”, após o roubo tomaram rumo ignorado, abandonando a faca que foi usada para cometer o ilícito, a qual foi devidamente apreendida em entregue na 44ª Delegacia de Polícia Civil de Palmital. A equipe realizou buscas nas imediações, porém sem êxito; orientada a vítima quanto aos procedimentos cabíveis.

PALMITAL:

FURTO QUALIFICADO - No dia 18 Set. 17, às 08h30min, compareceu no destacamento o funcionário do sítio, na Estrada Principal, Arroio Grande e relatou que ao chegar na propriedade, às 07h30min deste dia, encontrou apenas a cabeça de uma novilha, sendo que sua carne havia sido furtada e que também havia um veículo Gol de cor vermelha, abandonado próximo ao local onde o gado foi morto. Solicitante foi orientado quanto aos procedimentos cabíveis. 

PALMITAL:

VEÍCULO RECUPERADO - No dia 18 Set. 17, às 09h00min, em continuação ao B.O.U. de furto de gado, foi deslocado até a localidade de Arroio Grande de Baixo, acompanhado funcionário do sítio, sendo contatado que o veículo abandonado VW Gol, estava fechado, sendo que em consulta o mesmo apresentava queixa de furto, na data de 17/09/2017. Foi também constatado que o veículo possuía no seu interior, no porta-malas sujeira de sangue, provavelmente de animal, sendo que o veículo estava próximo de uma mangueira de gado, onde havia marcas de abate de um animal bovino, do tipo novilha da raça Girolanda, sendo encontrado também os restos da novilha, próximo a mangueira, cabeça e partes do couro. O veículo foi removido e entregue na delegacia de Palmital para a demais providências. 

MARQUINHO:

DISPARO DE ARMA DE FOGO / LESÃO CORPORAL/ DESOBEDIÊNCIA/ RESISTÊNCIA/ ABORDAGEM DE SUSPEITO - No dia 18 Set. 17, às 14h00min, a equipe policial estava em patrulhamento pela BR 158, quando parou a viatura na fila da barreira do conserto da pista, quando avistou uma motocicleta com dois indivíduos em atitude suspeita. Realizada abordagem, dada voz para que os indivíduos descessem da motocicleta, tirassem os capacetes, quando os indivíduos não obedeceram a ordem policial de abordagem, empreendendo fuga. Um dos indivíduos (22) resistiu à abordagem e caiu da motocicleta entrando em luta corporal com um dos policiais, sendo necessário o uso de força para contê-lo, bem como o uso de algema para preservar a integridade física do abordado e do policial. Momento em que o soldado efetuava a prisão, tentando conter o abordado, o outro policial realizou o acompanhamento a pé em direção ao segundo abordado, o qual empreendeu fuga e começou a correr em direção ao matagal. Foi perdido contato visual entre a equipe policial, neste momento foi possível ouvir um estampido similar ao disparo a arma de fogo. De imediato foi solicitado apoio ao policial que se encontrava no destacamento policial, com a chegada do mesmo, foi tentado por várias vezes contato com o policial que saiu a pé, o qual não respondeu. Após isso, a equipe foi informada por um terceiro, que o policial teria sofrido uma lesão corporal por disparo de arma de fogo no braço e teria sido socorrido e encaminhado por ambulância. Nesse instante foi solicitado apoio via telefone celular, sem êxito, pois o local é de difícil comunicação, tanto via celular, quanto via rádio da viatura. Após conseguir contato com equipes de Laranjeiras do Sul, foram repassadas as informações. Com a chegada das equipes de apoio foram iniciadas as buscas, pois segundo informações o autor do disparo contra o policial estaria com a pistola da marca Taurus calibre .40, bem como dois carregadores retirados do policial alvejado. Diante do fato, foi conduzido o abordado (22) até a 2ª SDP de Laranjeiras do Sul, para as providências cabíveis. O policial alvejado informou que entrou em luta corporal com o suspeito momento em que caiu em um barranco íngreme, vindo a cair por cima do abordado e que deste fato teve sua pistola subtraída, bem como os carregadores durante a luta corporal, posteriormente o policial foi alvejado no braço esquerdo, na região do bíceps e um disparo próximo da cabeça, lado esquerdo, que causou somente queimadura. Informou também que o autor dos disparos machucou o ombro e não conseguiu efetuar outro disparo com a mão em que estava segurando a pistola, que no momento em que o autor tentava mudar de mão, conseguiu empreender fuga, porém o autor efetuou mais um disparo em sua direção. Por volta da 1h00min, na BR 158, próximo à uma fazenda, há 18km do trevo com a BR 277, a equipe policial estava em patrulhamento quando se deparou com o suspeito do fato, e durante tentativa de abordagem o mesmo mais uma vez desobedeceu às ordens emanadas pelos policiais, vindo a efetuar diversos disparos contra as equipes. Diante da injusta agressão, foram efetuados disparos de arma de fogo contra o agressor, o qual foi alvejado. As equipes de imediato acionaram o atendimento médico no local. A pistola utilizada pelo autor (19) se tratava da pistola do policial, sendo constatado que o mesmo se encontrava foragido do sistema prisional de Palmital. As equipes permaneceram no local até a chegada da criminalística, Polícia Civil e IML.

Fonte: 16º BPM

Nenhum comentário:

Postar um comentário