sábado, 9 de setembro de 2017

Homem aponta arma para policiais e é morto em centro de eventos em Guarapuava



Por volta das 03h10min a equipe Choque foi acionada para prestar atendimento no Centro de eventos na Rua Evaristo da Veiga, onde um homem (20) estaria efetuando disparos de arma de fogo durante uma festa de casamento. Durante o deslocamento foram repassadas as características do autor e do seu carro, um Fiesta vermelho. Ao chegar no local, a equipe desembarcou da viatura, e progrediu com o escudo balístico, sendo informado pelos seguranças que o indivíduo estaria armado em seu carro. 
Ao adentrar no estacionamento, a equipe avistou o indivíduo com as características repassadas, que ao perceber a presença policial correu em direção a outro veículo, momento em que sacou um revólver de sua cintura e apontou para a equipe policial, sendo que foi ordenado que largasse a arma, momento em que um policial da equipe efetuou dois disparos para garantir a segurança própria e da equipe.
Imediatamente foi acionado socorro médico, sendo que compareceu no local a equipe do Corpo Bombeiros para prestar os primeiros socorros, entrando o homem em óbito no local. Foi realizado o isolamento, sendo que na sequência chegou ao local a Polícia Científica, Polícia Civil e IML. A arma de fogo utilizada pelo autor era um revólver marca H.O., cal. 32, municiado com quatro munições, estando duas delas intactas, uma deflagrada e uma percutida. A arma de fogo e as munições ficaram em poder do investigador da Polícia Civil. O veículo do autor tratava-se de um Ford/Fiesta vermelho, sendo que em baixo do veículo foi encontrado um coldre de arma de fogo vazio, o qual também foi encaminhado à Policial Civil.
 No interior do veículo haviam diversos pertences, e em buscas minuciosas, foi localizado, dentro do porta luvas, um invólucro contendo 18,9 gramas de substância análoga a cocaína, a qual foi apreendida e entregue na 14ª SDP. O policial militar, autor dos disparos, foi encaminhado à sede do 16º BPM para a lavratura dos procedimentos cabíveis. Cabe salientar que foram arroladas testemunhas que presenciaram a ação policial; sendo o armamento do policial apreendido e recolhido na furrielação do 16º BPM, e ficará à disposição do poder judiciário.

Fonte: 16º BPM

Nenhum comentário:

Postar um comentário