terça-feira, 4 de abril de 2017

BOTÃO DO PÂNICO É DISCUTIDO EM GUARAPUAVA



A Secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Priscila Schran, participou da primeira reunião sobre a instalação do Botão do Pânico em Guarapuava. A iniciativa faz parte da Lei de autoria da Deputada Estadual, Cristina Silvestri, que tem como objetivo auxiliar as mulheres em sua segurança. “Este dispositivo permite que as mulheres vítimas de violência peçam socorro apenas apertando um botão. É uma medida inteligente que envolve muitas entidades dispostas a proporcionar mais segurança a cada mulher. Escolhemos Guarapuava para viabilizar o projeto piloto do sistema por conta das grandes medidas já tomadas pela administração municipal nessa causa”, ressaltou a Deputada Estadual, Cristina Silvestri.

A inciativa envolve a Prefeitura de Guarapuava, a Secretaria de Segurança do Estado, a Delegacia da Mulher e a Policia Militar. “Ficamos muito felizes em poder participar de uma iniciativa tão expressiva. Vamos dar suporte de rede jurídica e psicológica, ajudando no direcionamento de quais casos receberão o botão. Esse sistema é muito viável e trará muitos benefícios, auxiliando principalmente nas medidas protetivas de mulheres com risco. Se destacamos dentre outros municípios do Paraná, justamente pela estrutura da cidade e da secretaria, que sempre recepcionam da melhor forma essas mulheres”, destacou Priscila, enfatizando que os botões serão adquiridos com recursos do Governo do Estado.

A primeira reunião, aconteceu em Guarapuava e contou com a participação da Deputada Estadual Cristina Silvestri; Secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Priscila Schran; Delegada da Mulher, Amanda Ribeiro; Juíza Carmen Mondin; Enfermeira do SAE, Clarice Kunkel; Tenente Beatriz Manfroi e o Tenente-Coronel Eric. O próximo encontro do grupo será realizado em maio e terá por objetivo diagnosticar as necessidades de cada instituição participante e quais são as condições mínimas para começar a colocar em prática todo o sistema que envolve essa tecnologia da informação.

Fonte: www.guarapuava.pr.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário