segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Único hospital de Realeza, no sudoeste, é destruído por incêndio



Um incêndio destruiu o único hospital de Realeza, no sudoeste do Paraná, neste domingo (19). A perícia deve confirmar se o incêndio foi causado ou não por um curto circuito. Quatro pacientes que estavam internados foram retirados sem ferimentos. O grupo foi encaminhado ao Pronto Atendimento do município.

O fogo se alastrou rapidamente e foram necessários cinco caminhões de combate a incêndio e quase quatro horas de trabalho para controlar as chamas. O incêndio no hospital Imaculada Conceição começou pouco depois das 11h, na enfermaria. Logo depois, o fogo atingiu o telhado e a estrutura do prédio.

“A madeira do teto juntamente com outros materiais que têm uma combustão mais facilitada, ajudaram o fogo a se alastrar”, explica o tenente do Corpo de Bombeiros Moises Iurk.

Os bombeiros comunitários da cidade foram os primeiros a chegar ao local. “Estávamos com cinco caminhões de água, mas o fogo se alastrou muito rapidamente, tomou conta”, disse a diretora de operações da Defesa Civil, Leandra Fischborr.

Apesar do esforço para conter as chamas, todos os 30 leitos da unidade hospitalar, maternidade e o centro cirúrgico ficaram destruídos.

Um dos médicos que trabalha no hospital contou que antes do incêndio ser registrado vários pacientes, inclusive bebês que estavam na maternidade, receberam alta médica.

“Pela manhã vários pacientes ganharam alta. Havia apenas quatro pacientes no momento, e felizmente estão no pronto-socorro, em estado estável”, detalhou o médico Jaber Ahmad Jaber.

O hospital tinha mais de 40 anos, e nesse período passou por várias reformas. A instituição, que é particular, prestava serviços para o Sistema Único de Saúde (SUS) e, por isso, recebia pacientes de várias cidades da região.

Os proprietários ainda não calcularam os prejuízos, equipamentos e o arquivo de pacientes foram destruídos pelo fogo.

Fonte: G1-PR

Nenhum comentário:

Postar um comentário