sábado, 26 de março de 2016

Mesmo com chuva, encenação da Paixão de Cristo emocionou o público na Praça da Fé em Guarapuava.

Da Rede Sul com fotos de Lizi Dalenogari/RSN

O espetáculo "A Paixão de Cristo", encenado há 15 anos em Guarapuava, a exemplo de outros cidades do país, marca uma das mais emocionantes histórias da humanidade, retratando a vida de Jesus na Terra, sua doação, entrega e amor. Foi com entrega e doação que os cerca de 300 atores e as mais de 100 pessoas envolvidas na construção do espetáculo, levaram ao palco toda a emoção que a maior história de amor da humanidade merece.

Este ano, Jones Guerra, diretor artístico da Paixão, e sua companhia, transformaram o espetáculo em um musical que envolveu os espectadores. “Achei que ficou emocionante com os atores cantando. Todo ano venho, e mesmo com previsão de chuva e o marido falando que tinha jogo da seleção, peguei as crianças e vim com elas. Prestigiar este momento é uma forma de agradecer a Jesus Cristo tudo que Ele fez por nós”, diz Antonia Edith Mendes, moradora do bairro dos Estados, acompanhada dos dois filhos.

Segundo a Polícia Militar, foi o menor público dos últimos anos, mas isso não diminuiu a entrega dos envolvidos. “A chuva pode ter sido o motivo da redução de público”, diz o tenente Adairalba, responsável pela equipe da PM no local. 

Dom Wagner falou ao público minutos antes do início da peça e ressaltou, “A vida de Jesus poderá ser rezada por todos nós. Este é um momento de fé solene e importante para toda a comunidade”.

A Companhia Cênica Jones Guerra preparou e ensaiou os atores amadores das paróquias do Decanato Centro, desde o início do ano. “Agradeço cada um que aqui está pelo empenho e dedicação. Todos superaram seus medos e fizeram este momento único e inesquecível”, agradeceu o diretor artístico.

Dona Marlene Dias estava sentada na cadeira que levou. Se deslocou do bairro Cascavel para prestigiar os atores. “É a primeira vez que eu venho e estou muito feliz, encantada. Foi uma mensagem muito linda que estes jovens passaram”, enfatizou.

Mais fotos Clique aqui...


Nenhum comentário:

Postar um comentário