segunda-feira, 14 de março de 2016

Acidente na BR 373 tira a vida de um empresário de Prudentópolis.

Motorista de Fiat Siena tentou cruzar a rodovia, mas foi atingido por uma carreta bitrem. Acidente ocorreu no trevo do Mato Branco.

Um empresário morreu em um acidente na BR-373, em Imbituva, na noite de segunda-feira, 14. Basilio Chodoma, de 44 anos, não resistiu aos ferimentos causados após o carro que conduzia ser atingido por uma carreta bitrem. A colisão ocorreu no trevo que dá acesso à localidade de Mato Branco, no km 229,5 da rodovia. 

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do Bitrem, Aldo da Rocha, de 37 anos, seguia de Guarapuava para Paranaguá, no momento do acidente. A batida ocorreu no instante que o motorista do Siena tentou cruzar o trevo. Ele não observou a presença do bitrem e passou direto. Desta forma, houve a colisão transversal. Com o impacto, o carro foi arrastado pelo bitrem, que tombou do lado esquerdo da pista sentido Ponta Grossa. O bitrem transportava soja. Após o acidente, cerca de 90% da carga derramou sobre a pista. 

A PRF está apurando se o motorista se distraiu ou sofreu um mal súbito no momento do acidente. O irmão da vítima esteve no local e relatou que o empresário não usava medicação. 

Os dois motoristas eram habilitados e estavam com a documentação regularizada. O caminhoneiro realizou o teste do bafômetro, que apontou resultado negativo. Ou seja, o condutor não havia ingerido bebida alcoólica antes de dirigir. 

Conforme a PRF, o motorista do Bitrem estava em estado de choque e bastante nervoso no local do acidente. 

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa. O acidente ocorreu por volta das 19h20.

Basilio Chodoma era proprietário de uma loja de noivas em Prudentópolis, onde residia. A mesma loja possuía uma filial em Imbituva, há dez anos. Recentemente, em fevereiro de 2016, Basilio inaugurou outra filial em Irati. 

Fotos: Elio Kohut/Rádio Najuá, Aldrovani Menon e Tiago Lyczakowski



Nenhum comentário:

Postar um comentário